Educação Financeira

Previdência Privada Infantil: tudo o que você precisa saber!

4 Minutos de leitura

A busca pela Previdência Privada é comum entre os adultos que planejam a aposentadoria. Garantir um futuro financeiramente estável para si mesmo é um passo importante. Mas você já pensou que é possível fazer isso também para crianças e adolescentes?

Essa é a proposta da Previdência Privada Infantil. Ela é muito semelhante à alternativa mais conhecida no mercado. Contudo, apesar de ser igualmente contratada por adultos, apresenta uma particularidade: é destinada aos menores de idade.

O investimento para jovens ganha cada vez mais espaço, como uma forma de cuidar do futuro e até mesmo incentivar a educação financeira.  Portanto, se você deseja saber mais sobre a Previdência Privada Infantil, continue a leitura desse artigo!

O que é a Previdência Privada Infantil?

Prezar pela saúde, educação e conforto financeiro das crianças é fundamental. É preciso lembrar que elas dependem dos adultos para se desenvolverem adequadamente. Esse é um processo que exige tempo e paciência, mas a Previdência Infantil pode torná-lo mais simples.

Ao contratar um plano, os responsáveis pelos jovens garantem que seu bem-estar financeiro seja uma prioridade desde cedo. Para isso, a cada mês, será aportado um valor — que é definido de acordo com as condições combinadas entre as partes.

Na Previdência Privada, o gestor do fundo fica responsável por tomar as decisões em relação aos melhores investimentos a serem realizados. Eles podem abranger tanto opções da renda fixa quanto da variável, a depender da estratégia adotada.

As escolhas de investimentos são feitas pelo gestor de acordo com o que está definido no contrato. Assim, antes de contratar é importante verificar se as características do plano se adéquam às suas necessidades e objetivos.

Como funciona a Previdência Privada Infantil?

A Previdência Privada geralmente é vista como uma alternativa à Previdência Social brasileira, no caso da aposentadoria. Entretanto, como você pode ver, ela também pode ser usada para outros planos de longo prazo.

No caso da Previdência Privada Infantil, o objetivo é ter investimentos destinados às crianças e aos jovens. Assim, no momento de usufruto, eles têm um auxílio da família e podem contar com suporte financeiro para seu futuro.

Antes de tomar a decisão sobre o plano mais adequado, é importante saber tudo em relação ao tema. Confira a seguir alguns detalhes que facilitam o encontro da opção ideal para você quando bem avaliados.

Acompanhe!

Taxas

Existem quatro principais taxas que costumam ser cobradas pelas empresas por trás da Previdência Privada Infantil. São elas:

  • administração, que remunera os gestores por trás dos fundos;
  • carregamento, que incide sobre os aportes realizados;
  • performance, cobrada quando o fundo rende além de seu benchmark;
  • saída, que incide no momento do resgate.

Nem todas elas estarão presentes no contrato da organização escolhida para oferecer o melhor plano a você. Para tirar as dúvidas, não deixe de ler suas condições e de estar atento aos detalhes da negociação.

Tipos

Os dois principais tipos de Previdências infantis seguem os padrões da voltada aos adultos. São eles: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). A grande diferença entre eles diz respeito ao Imposto de Renda (IR).

Portanto, a decisão do melhor para o seu caso depende das suas particularidades. Pessoas que realizam a declaração de IR completa podem se beneficiar do PGBL, pois ele permite o abatimento de até 12% da renda tributável anual.

Já aqueles que fazem a declaração simplificada, podem preferir o VGBL. Nesse caso, a vantagem dele é que os impostos incidirão apenas sobre a rentabilidade, enquanto no PGBL é sobre o montante total investido.

Tributação

Outro detalhe sobre o Imposto de Renda é a tributação dos planos. É possível escolher entre a tabela progressiva ou regressiva. Na primeira, a alíquota de IR vai de 0% a 27,5%, a depender da quantia a ser resgatada.

Já na tabela regressiva, a alíquota pode ir de 35% a 10% — a depender do tempo em que o dinheiro fica investido. A taxa diminui 5% a cada dois anos, até chegar ao limite mínimo de 10% para investimentos superiores a 10 anos.

Como você pode ver, a escolha da tabela deve ser feita de acordo com os seus planos. Para valores mais baixos de resgate em períodos curtos, o regime progressivo pode ser mais interessante. Em outros casos, a vantagem pode ser maior na tabela regressiva.

Quais são as vantagens do plano de Previdência Infantil?

Agora que você já sabe o que é a Previdência Privada Infantil e quais são as principais características dela, é hora de conhecer suas vantagens. Acompanhe!

Antecipação

Juntar dinheiro para a aposentadoria ou para projetos de longo prazo nem sempre é uma tarefa simples. Muitos brasileiros começam a se planejar tardiamente — ou mesmo não se planejam.

Quanto mais o tempo passa, maior será a necessidade de esforço financeiro. Logo, começar o quanto antes permite ter resultados positivos com quantias menores. O que dizer, então, de investir dinheiro para crianças e adolescentes?

O dinheiro aportado por você será muito útil para auxiliar na conquista um futuro estável. Mesmo valores baixos ajudam a garantir saúde e bem-estar ao beneficiário com maior facilidade — facilitando a superação de quaisquer obstáculos no futuro.

Menor burocracia

A Previdência Privada Infantil é uma forma pouco burocrática de investir dinheiro para usufruto de outra pessoa. A contratação do plano pode ser feito por qualquer adulto responsável pelo menor de idade.

Fica estabelecido em contrato que o resgate será feito pela criança ou adolescente — no prazo definido por você (por exemplo, quando ele chegar à maior idade). Então, o usufruto do dinheiro se dá segundo as regras expressas no plano escolhido.

Portabilidade

Como a Previdência Privada é uma modalidade de investimento de longo prazo, existe o risco de, no futuro, o cliente não estar mais satisfeito com as condições. Caso isso aconteça, é possível contar com a opção da portabilidade.

Ela significa que você poderá mudar o seu plano ou mesmo transferir a Previdência para outra administradora, que atenda suas necessidades com maior alinhamento.  Basta solicitar a migração e seguir os passos indicados para concluir o processo.

E então? Você acredita que a Previdência Privada Infantil pode ser uma boa alternativa para planejar o futuro da sua família? Ela permite apoiar, desde cedo, a caminhada financeira de crianças e adolescentes.  Então aproveite para verificar se parece interessante para o seu caso!

Se você deseja se aprofundar ainda mais no assunto, não deixe de entrar em contato com a Valor Educação para tirar suas dúvidas!

Posts relacionados
AçõesEducação Financeira

Como reduzir o pagamento de IR e potencializar o retorno dos seus investimentos

5 Minutos de leitura
Como reduzir o pagamento de IR e potencializar o retorno dos seus investimentos Publicado por Asafe Cerqueira A Previdência Privada, por uma…
Educação Financeira

6 Investimentos para garantir o futuro do seu filho!

5 Minutos de leitura
Uma das grandes preocupações dos pais é como garantir o futuro dos filhos. Afinal, existem diversos custos relevantes — como a faculdade,…
Educação Financeira

Investimento para crianças: você sabe como escolher?

4 Minutos de leitura
Você sabia que é possível começar a cuidar das finanças dos seus entes queridos desde cedo por meio do investimento para crianças?…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *