Análise & Opinião

É possível ser feliz no trabalho? 5 Dicas para alcançar essa felicidade!

4 Minutos de leitura
E possivel ser feliz no trabalho 5 Dicas para alcancar essa felicidade É possível ser feliz no trabalho? 5 Dicas para alcançar essa felicidade!

Conseguir ser feliz no trabalho não faz parte da realidade de muitos trabalhadores. E são diversos os motivos para a infelicidade no dia a dia: busca por remunerações maiores sem considerar o que lhe traz satisfação, falta de qualificação profissional ou mesmo trabalho em ambientes tóxicos.

Assim, quando o seu desejo e satisfação não são respeitados, o ofício pode gerar estresse e sentimentos negativos. E situações como essas levantam questionamentos sobre a possibilidade de ter felicidade no trabalho. Esse é o seu caso?

Se o seu objetivo é saber mais sobre o assunto e descobrir como alcançar esse sentimento, continue a leitura! Siga conosco e saiba como ser feliz no trabalho com 5 dicas!

Você vai ver neste artigo:

Felicidade no trabalho é utopia?

Por que é comum acreditar que não é possível ser feliz no trabalho?

5 Dicas para encontrar a felicidade no trabalho

businessman g3e8ccd597 1280 É possível ser feliz no trabalho? 5 Dicas para alcançar essa felicidade!

Felicidade no trabalho é utopia?

Para começar a pensar sobre o assunto, vale saber que o conceito de felicidade varia para cada pessoa. De todo modo, apenas 49% dos colaboradores afirmam estarem felizes no emprego, segundo uma pesquisa de 2021 da 17ª edição do Índice de Confiança da Robert Half.

O estudo evidenciou que, entre as razões para definir a existência desse sentimento, estão:

  • salário adequado;
  • trabalho alinhado com os desejos e interesses;
  • bom relacionamento com a gestão;
  • bom clima organizacional.

Por outro lado, 16% dos profissionais entrevistados nessa mesma pesquisa afirmaram o contrário. No caso deles, a insatisfação é maior que a felicidade. Os principais motivos que levam a isso são:

  • falta de valorização;
  • descontentamento com a remuneração atual;
  • relacionamento ruim com a gestão;
  • poucas oportunidades de crescimento.

Diante do que você conferiu, é possível perceber que algumas pessoas já experimentam a sensação de ser feliz no trabalho. Para outras, no entanto, existem lacunas que devem ser preenchidas para a felicidade surgir. Mas é sim possível alcançá-la.

Por que é comum acreditar que não é possível ser feliz no trabalho?

Você já descobriu que felicidade no trabalho não é utopia. Agora é o momento de entender o motivo que leva muitos a pensarem que esse sentimento não existe. Isso pode ser explicado pela quantidade de pessoas que precisam trabalhar com foco unicamente no salário, por exemplo.

Em muitos casos, a felicidade e o bem-estar com a carreira ficam em segundo plano. É possível que as pessoas se mantenham no emprego mesmo tendo relacionamentos ruins com a gestão ou poucas oportunidades de elevação na carreira. Assim, a sensação de infelicidade pode ser ainda maior.

Além disso, em determinados cenários — como em momentos de desemprego em alta —, muitas pessoas acabam aceitando qualquer oportunidade de emprego. Isso se intensifica ao considerar quadros inflacionários já ocorridos no Brasil.

Desse modo, é possível dizer que nem todos vivem a experiência de felicidade no trabalho — especialmente em momentos de incertezas. Contudo, mesmo diante de desafios, existem atitudes que você pode ter em busca de bem-estar.

5 Dicas para encontrar a felicidade no trabalho

Como você notou, nem sempre é simples ser feliz no trabalho. Por essa razão, é importante saber como trazer esse sentimento para mais perto.

Confira 5 dicas!

1. Conheça o seu perfil profissional

O autoconhecimento quanto aos interesses e necessidades profissionais ajuda na maior satisfação no trabalho. Com ele, torna-se mais prático descobrir quais empregos fazem mais sentido para você e quais funções lhe trazem mais felicidade.

Essas informações podem evitar frustrações com cargos inadequados para o seu perfil. Elas também contribuem para evitar questionamentos quanto ao que poderia ter sido sua carreira, caso ocupasse determinada função. Afinal, você já sabe o que deseja.

2. Entenda que as decisões não são permanentes

Apesar de o autoconhecimento ser um fator relevante para suas decisões profissionais, é preciso diminuir o peso delas. Isso porque suas decisões na vida profissional não precisam ser enxergadas como permanentes.

Se você ainda não se sente feliz no trabalho é possível mudar essa realidade futuramente. A geração Z (nascidos entre 1995 e 2010) costuma trocar de emprego com uma frequência maior do que as gerações anteriores, por exemplo. Isso pode levar a busca da realização profissional e de novos desafios que trazem crescimento.

Ver a vida profissional dessa maneira tende a ajudar na procura por satisfação na carreira. Você não precisa passar anos insistindo em uma escolha que não o faz feliz. É possível fazer mudanças na carreira ou mesmo trocar de profissão, se for do seu desejo — não importa a sua idade.

3. Busque sempre novos aprendizados

A estagnação na carreira é desestimulante para o profissional e pode afetar sua felicidade. Afinal, é necessário ter alinhamento com o dinamismo do mercado. Por isso, não importa o seu tempo de experiência, foque na aprendizagem contínua.

Estar sempre se desenvolvendo traz novas possibilidades para a rotina e dinamiza sua experiência. Com isso, fica mais fácil crescer na profissão e encontrar novas oportunidades para trabalhar como você deseja e ser mais feliz.

4. Torne a sua rotina mais leve

É natural que nem todos os dias no trabalho sejam felizes e tranquilos. Por isso, é importante se preparar para situações adversas. Nesse caso, é válido tornar a sua rotina mais leve. Por exemplo, ao focar em manter uma relação saudável com a equipe.

Outra opção é manter uma mesa de escritório com recordações boas para estimular pensamentos positivos. Atitudes como essas contribuem para afastar o pessimismo, que eventualmente pode surgir no dia a dia do trabalho.

5. Dedique um tempo para a sua vida pessoal

Boa parte das pessoas passa a maior parte do tempo trabalhando. Em muitos casos, isso ocorre por prazer, outros por necessidade. Seja qual for a sua razão, é recomendado buscar um equilíbrio e dedicar tempo para a vida pessoal.

Uma dica fundamental é evitar resolver questões profissionais fora do expediente ou levar trabalho para casa, se possível. Também vale planejar sua rotina de descanso e lazer para ter mais presença em momentos que lhe trazem felicidade fora do trabalho.

Como podemos ver, é possível ser feliz no trabalho. No entanto, você aprender que a definição de felicidade pode ser diferente para cada pessoa. Assim, é preciso se conhecer e saber quais estratégias podem aproximar você dessa sensação.

As nossas 5 dicas foram válidas para o que você buscava? Aproveite para curtir a nossa página no Facebook e continuar acompanhando nossas atualizações de conteúdo!

105 posts

Sobre o autor
Thiago Goulart é o Editor da Vai Investir e do podcast Valor de Mercado. Adora praticar tênis, ler, escutar música e estar na presença de amigos e família. Graduado em Letras pela UFES e em Jornalismo pela PUC-SP, está se tornando também especialista em finanças com o MBA no tema pela PUC- RS. Com uma longa carreira em sala de aula, desenvolveu a habilidade e sensibilidade para conectar pessoas a conhecimentos. Hoje, aplica essa experiência de maneira mais específica para o mercado financeiro, por quase 3 anos sendo o principal responsável pelo desenvolvimento e curadoria de conteúdo para a Valor Investimentos e Vai Investir.
Artigos
Posts relacionados
Análise & Opinião

Como se planejar para o Lollapalooza 2022

3 Minutos de leitura
Análise & OpiniãoRenda Fixa

Renda complementar com aplicações em renda fixa

1 Minutos de leitura
Análise & OpiniãoAprenda a Investir

Como economizar na compra de materiais escolares

3 Minutos de leitura
×
Aprenda a Investir

O que os esportes radicais têm em comum com os investimentos?