Análise e Opinião

Análise e Opinião

Qual o melhor momento para comprar dólar para viajar?

Por

Quem quer viajar para fora do Brasil costuma se perguntar qual é o melhor momento para comprar dólar. A moeda norte-americana é uma das mais utilizadas internacionalmente, então é fundamental acompanhar a cotação dela em viagens desse tipo.

No entanto, as oscilações do dólar não são totalmente previsíveis — o que pode acarretar insegurança para os compradores. Por isso, saber qual é o melhor momento para adquirir a moeda exige conhecimento de mercado e consideração de diversos fatores.

Quer aprender mais sobre o assunto? A seguir você entenderá o que impacta a cotação do dólar e qual é o melhor momento para comprar a moeda.

Não perca!

Quais fatores impactam na cotação do dólar?

Se você quer identificar o momento ideal para comprar dólar, precisa entender como funciona a cotação da moeda. Na verdade, o fator de interesse é a relação de câmbio entre o real e a moeda estadunidense, ou seja, a diferença entre seus preços.

Quando se vê no noticiário que o dólar está cotado a R$ 5, por exemplo, isso significa que um dólar equivale a cinco reais. Logo, essa cotação é oriunda da correlação entre as duas moedas — e varia constantemente.

O Brasil adota uma política financeira que utiliza o câmbio flutuante. Com isso, o Governo não influencia diretamente na cotação do dólar em nosso país. Então o câmbio “flutua” livremente conforme as condições de mercado.

Em outros momentos da história brasileira, principalmente nos anos 1990, já se utilizou outros regimentos de câmbio. O câmbio fixo, por exemplo, é uma forma artificial de controlar a cotação da moeda, gerando uma paridade com o real.

Assim que o Plano Real foi criado, em 1994, o Brasil adotou o câmbio fixo. Dessa forma, na época, R$ 1 valia U$ 1. Nos anos seguintes, até 1999, utilizou-se a banda cambial. Nesse regime, o dólar variava livremente, mas dentro de uma faixa especificada pelo Banco Central.

Por fim, desde 1999, o Brasil passou a adotar o regime do câmbio flutuante. A variação no câmbio flutuante depende da lei da oferta e demanda, um conceito comum na economia. No câmbio entre dólar em real, o bem é a moeda estrangeira.

Quanto maior a circulação de dólar no país, menor será sua cotação. Por outro lado, se há pouca moeda estrangeira no Brasil, maior o seu preço. Essa oferta e demanda se dá por meio de investimentos, relação de importações, entre outros fatores.

Como se planejar para comprar dólar e viajar?

Agora que você já sabe como o dólar oscila em relação ao real, é preciso saber se preparar para comprar dólar para viajar. Entenda a seguir os principais fatores de atenção nesse momento:

Monte uma reserva

Uma boa prática para se preparar e comprar uma quantidade suficiente de dólar para viagem é montar uma reserva financeira com esse objetivo. Assim, você terá um montante predefinido e guardado que será utilizado exclusivamente para a compra da moeda.

Essa decisão evita que você utilize valores que seriam destinados a outros planos, como a sua reserva de emergência, aposentadoria etc. Além disso, a prática de reservar dinheiro para comprar dólar facilita o seu planejamento e traz mais segurança financeira.

Com a reserva destinada à compra de dólares você corre menos risco de se endividar ou ter que recorrer a outros meios de pagamento na viagem. Ainda, os efeitos da compra com uma cotação maior também serão menos sentidos, pois você já tem o dinheiro separado.

Planeje a viagem com antecedência

Além da reserva voltada à compra de dólares, não esqueça de sempre planejar a sua viagem com bastante antecedência. Dessa maneira, é possível conseguir valores mais atrativos com o traslado, hospedagem e demais gastos.

O planejamento prévio também deixará mais fácil comprar os dólares. Afinal, ao fazer a compra da moeda de última hora, você não terá margem para escolher o melhor momento. Assim, a compra deve ser feita antecipadamente.

Com esse cuidado, você evita problemas que o deixem sem dinheiro. Ademais, o planejamento antecipado gera mais margem para negociação e mais tempo para encontrar uma cotação mais vantajosa ao longo do tempo.

Como identificar o momento certo para comprar dólar?

Você percebeu que é preciso uma boa preparação para comprar dólar para viajar. Então é hora de saber qual é o momento ideal para a compra. Aqui, é válido entender que não há uma resposta correta para essa dúvida.

Apesar de ser possível traçar expectativas de cotação para o dólar, não há como prever as oscilações da moeda com exatidão. Portanto, o momento perfeito pode não existir. Se você esperar o preço cair, por exemplo, pode acabar tendo prejuízo no futuro.

Contudo, há diversos fatores que ajudam a definir a hora da compra. Veja só:

Tenha valores definidos e compre aos poucos

Uma dica para quem deseja identificar o momento correto para comprar dólar é ter valores definidos no seu planejamento de viagem. Logo, saiba quanto você precisa para sua viagem e busque fazer compras ao longo do tempo que você ainda tem antes da viagem.

Desse modo, você conseguirá definir com mais clareza o seu planejamento e realizar as aquisições em diferentes momentos. Assim, você não fica refém das altas ou quedas da moeda — e há como fazer um preço médio mais interessante.

Além disso, se torna mais fácil aproveitar momentos de baixas periódicas para adquirir uma parte dos dólares necessários. Logo, como vimos, planejar-se com antecedência é muito útil.

Acompanhe o noticiário

Outra dica importante é acompanhar o noticiário, sites especializados em câmbio e notícias internacionais. Já que a cotação do dólar varia conforme a oferta e demanda, é possível identificar os movimentos da moeda estrangeira no país.

Exemplos de situações relevantes são a alta nas exportações brasileiras, atração de investidores estrangeiros e alienações de bens para outros países. Nesses momentos, é comum que o câmbio diminua — o que pode trazer oportunidade para compra do dólar.

Avalie o histórico de cotação

Também é importante avaliar o histórico de cotação. Isso é feito por meio de gráficos históricos, verificando as oscilações diárias, mensais e anuais. Ao analisar com frequência e antecedência essas questões, você se acostumará com cotações médias e movimentos.

Dessa forma, ficará mais fácil identificar períodos em que a cotação está mais baixa, ou em que houve um pico no preço. Portanto, você pode definir estratégias de compra de dólar conforme essas flutuações para, como você viu, diminuir o preço médio de compra.

Entendeu como identificar qual o melhor momento para comprar dólar e como se planejar para fazer o câmbio? Melhorando sua educação financeira e acompanhando notícias sobre o tema você poderá tomar decisões mais sólidas e seguras em relação ao seu dinheiro!

Ficou interessado em continuar aprendendo sobre assuntos como esse? Então assine a nossa newsletter!