Aprenda a InvestirCafé com Trade

Quer iniciar 2022 com o pé direito? Comece a investir!

7 Minutos de leitura
Quer iniciar 2022 com o pe direito Comece a investir Quer iniciar 2022 com o pé direito? Comece a investir!

O final e o início de um ano costumam gerar reflexões sobre o que passou e de planejar mudanças. Assim, renovam-se os pedidos e as esperanças para um ciclo melhor — principalmente na área financeira. Então, se você quer resultados diferentes nesse ano, comece a investir.

Essa é uma forma de mudar a sua relação com o dinheiro, considerando as diversas opções que existem no mercado. Desse modo, você pode traçar a estratégia que atende melhor aos seus objetivos, em busca de um novo desempenho em 2022.

Quer saber mais? Confira as dicas para começar seus investimentos com o pé direito nesse ano que está chegando!

Conheça as vantagens de investir

Antes de fazer qualquer plano, é importante entender por que vale a pena investir. Assim, você terá mais motivação para fazer as transformações necessárias na sua vida financeira.

Uma das principais vantagens é a organização financeira que os investimentos proporcionam. Isso porque essa é uma etapa essencial para que seja viável negociar as alternativas do mercado. Então quem investe tem um estímulo a mais para manter o orçamento sob controle.

Outro grande benefício é a chance de ganhar mais dinheiro. Suas escolhas de investimentos — especialmente se forem feitas de forma eficiente — podem gerar rendimentos no futuro. Logo, o valor investido trabalhará para você, gerando lucros.

Dessa maneira, é possível agilizar a realização de suas metas, sejam elas de curto, médio ou longo prazo. Afinal, quando você recebe rendimentos em seus aportes, fica mais fácil atingir diferentes conquistas financeiras.

Monte um planejamento financeiro

Para começar a investir do zero, é essencial elaborar um planejamento financeiro completo. Dessa forma, você conseguirá dispor dos recursos necessários para participar das oportunidades do mercado e compor a sua carteira.

Nesse caso, comece mapeando o quanto você realmente ganha e o quanto gasta no mês. Ao identificar os tipos de despesas, é possível encontrar oportunidades de economia, sem ter que abrir mão do seu padrão de vida.

Para facilitar o acompanhamento do seu dinheiro, vale a pena criar um orçamento detalhado. Ao determinar como o dinheiro deve ser usado entre as diversas categorias de gastos, você mantém o controle e consegue destinar uma parte para os investimentos com mais facilidade.

Identifique seu perfil de investidor

Após preparar suas finanças, é preciso conhecer um conceito fundamental do mercado financeiro: o perfil de investidor. Essa é uma classificação que indica a sua abertura — ou não — para correr riscos em busca de rentabilidade. São três os perfis principais: conservador, moderado e arrojado.

O perfil conservador é o menos propenso a se arriscar. Para pessoas desse grupo, a segurança é o aspecto mais procurado. Assim, elas aceitam limitar seus ganhos para ter maior tranquilidade de que não perderão o dinheiro investido.

Já os investidores moderados são um pouco mais atraídos ao risco. Eles entendem que enfrentar o medo de perder seu dinheiro talvez seja vantajoso, já que pode ser uma forma de aumentar seus rendimentos.

Enquanto isso, investidores arrojados têm menor apego à segurança. Eles visam ganhos maiores, aceitando também arriscar mais o seu dinheiro para buscar os resultados desejados.

Percebe como os perfis têm diferenças relevantes? Por isso, também existem investimentos adequados para cada um deles. Então, definindo o seu perfil, você tem a possibilidade de encontrar as alternativas que melhor atendem aos seus interesses.

Defina objetivos

O seu sucesso ao investir em 2022 também dependerá do que você deseja para o futuro. Ter objetivos definidos é indispensável, pois sem eles é mais difícil definir as melhores estratégias ou escolher onde investir de modo adequado para o seu caso.

Para facilitar, vale responder algumas questões, por exemplo:

  • O que você espera ao se tornar investidor?
  • Quer realizar sonhos de consumo?
  • Pensa em alcançar a independência financeira?
  • Tem a meta de construir um patrimônio familiar?

Então reflita sobre essas perguntas e liste diversos objetivos, mesmo que eles tenham prazos diferentes. Em vez de ter apenas um objetivo por vez, é possível ter metas com diferentes prazos, que serão contempladas por opções de investimentos variadas.

Saiba onde investir em 2022

Antes que você comece a investir, vale a pena entender que o mercado financeiro apresenta diversas possibilidades para quem quer começar a investir em 2022 ou em outros anos. Então, saber mais sobre elas é fundamental para traçar a sua estratégia e iniciar os aportes.

Nesse cenário, um conhecimento bastante relevante é a relação entre risco e retorno. Em geral, há uma proporcionalidade desses dois aspectos. Na prática, alternativas mais seguras costumam oferecer menores rentabilidades.

Além disso, existem duas classes principais de investimentos, com características distintas de retorno e segurança — a renda fixa e a renda variável. Conheça as diferenças entre essas classificações e entenda mais desse assunto!

Renda fixa

Os investimentos de renda fixa são de um grupo considerado mais seguro, pois há menor instabilidade em relação à perspectiva de rendimento. As aplicações desse tipo oferecem menos riscos, quando comparadas às de renda variável.

Elas funcionam de maneira semelhante a um empréstimo, sendo que o investidor atua como credor e o emissor do título é o devedor. Em troca do aporte, o valor é ressarcido no prazo acordado acrescido de uma taxa de juros previamente estabelecida.

O maior exemplo de segurança é encontrado no Tesouro Direto, a plataforma de títulos emitidos pelo Tesouro Nacional. Nesse caso, a tranquilidade de não perder dinheiro é gerada pelo fato de se emprestar dinheiro à instituição mais sólida de um país, que é o próprio Governo Federal.

Além disso, a maioria dos títulos de renda fixa privada, por sua vez, conta com uma proteção a mais: o Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Ele tem o papel de ressarcir os investidores, caso o banco ou instituição financeira enfrente problemas financeiros.

Contudo, é importante saber que existem alternativas de renda fixa que apresentam níveis maiores de risco, especialmente por não contarem com o FGC ou outras garantias. Porém, é possível equilibrar os riscos avaliando o emissor e adotando outras estratégias com essa finalidade.

Renda variável

Os investimentos de renda variável não apresentam os mesmos fatores de segurança da renda fixa. Nesse caso, não é possível saber previamente qual será o retorno ou se existirão ganhos. Eles também podem passar por uma instabilidade maior devido às movimentações do mercado financeiro.

Dessa forma, ao investir em ações, por exemplo, você se expõe às oscilações que os papéis sofrem ao longo do tempo. Entretanto, esse risco maior também está relacionado a melhores oportunidades de ganho.

Com boas estratégias e um apetite maior a riscos, a renda variável pode gerar rendimentos maiores que na renda fixa, já que não se expõe às mesmas limitações.

Diversifique a carteira

Conhecendo seu perfil, seus objetivos e as opções disponíveis, ficará mais fácil avaliar as possibilidades para investir em 2022. Porém, ainda é preciso considerar outra dica importante: a diversificação.

Essa é uma estratégia que consiste em escolher investimentos descorrelacionados ou com correlação negativa. Isso porque eles se comportam de maneira diferente, ainda que diante de condições iguais no mercado.

Para 2022, por exemplo, a tendência é de aumento da taxa Selic, que encerrou 2021 a 9,25% ao ano. Logo, os investimentos da renda fixa ficam mais rentáveis, enquanto os ativos da bolsa podem perder atratividade. Nota como o mesmo cenário faz com que os investimentos tenham resultados distintos?

Por isso, vale a pena pensar em opções de investimentos de diferentes tipos, setores e riscos para equilibrar a carteira e aumentar o potencial de ganhos.

Realize aportes frequentes

Além de seguir os passos anteriores para começar a investir em 2022, vale a pena consolidar esse hábito para os próximos anos que virão. Afinal, a consistência é uma das chaves do sucesso no mercado financeiro e do alcance de objetivos.

Portanto, mais que fazer investimento no começo do ano, é essencial realizar aportes periódicos. Procure fazer investimentos ao longo de todo o ano, como a cada mês ou na frequência que fizer sentido para o seu planejamento financeiro.

Dessa forma, você faz seu patrimônio evoluir com mais velocidade, aumenta o potencial de ganhos e também consegue estabelecer um hábito positivo na sua vida financeira. Então se organize financeiramente, comece a investir e mantenha os seus aportes ao longo do tempo.

Acompanhe os resultados

Após avaliar e escolher as opções de investimentos, você deve se preocupar com os resultados obtidos ao longo do tempo. Desse modo, durante o ano de 2022 e nos próximos, é interessante acompanhar a performance da sua carteira.

Veja como foi a consolidação de desempenho e confira se a performance está alinhada ao que você espera. No caso dos investimentos de longo prazo, não é necessário — e nem é recomendado — fazer mudanças arbitrárias o tempo todo. Porém, é preciso ter uma ideia geral do seu portfólio.

Em um período específico, como ao final do ano, você poderá fazer o rebalanceamento da carteira para alinhá-la às suas necessidades. Afinal, é comum que o desempenho dos diferentes ativos altere as proporções do seu portfólio.

Pense, por exemplo, em uma carteira moderada, composta por títulos de renda fixa e ações. Se os papéis da bolsa se valorizarem muito, terão um peso maior no portfólio. Então a carteira poderá ficar mais arriscada. Nesse caso, você pode vender ativos ou realizar novos aportes para readequar o nível de risco geral às suas necessidades.

Neste post, foi possível entender porque é interessante que você comece a investir em 2022 — seja na renda fixa ou na renda variável. Portanto, inicie o ano novo com o pé direito ao estudar mais esse assunto e se preparar para as suas escolhas de ativos financeiros!

Quer seguir aprendendo para investir bem no próximo ano? Então aproveite para saber mais sobre as ações — uma das principais alternativas do mercado financeiro!

×
Aprenda a Investir

Como investir 100 mil reais? Descubra!