Carta

Carta aos Investidores – Março 2021

8 Minutos de leitura

“O comportamento dos investidores e a sua mudança de sentimento
são subestimados nos modelos tradicionais de previsão.
Isso explica parcialmente o porquê dos pontos de inflexão em ciclos
econômicos e financeiros não são bem antecipados”.
(Peter Oppenheimer – The Long Good Buy)

Carta aos investidores,

O ser humano é um ser social por natureza. E as cidades são o berço da nossa civilização. As metrópoles dispersas pelo mundo se tornaram símbolo e espaço das relações entre as pessoas. Negócios, contratos, projetos, entretenimento, mobilidade, tecnologia, energia, imóveis, clima e planejamento. Alguns dados demonstram que 80% da população mundial estará nos grandes centros até 2050.

Nesse sentido, as metrópoles terão de sustentar as megatendências globais do século 21. É dentro desses hiperespaços de cultura, comércio e progresso que advém o conceito smart city. Por meio de uma visão holística, participativa e com o uso intensivo de recursos tecnológicos, uma smart city é capaz de promover um crescimento inclusivo e sustentável, com eficiência na alocação de recursos (imagem abaixo). O objetivo é melhorar a qualidade de vida da população.

SmartCity Carta aos Investidores - Março 2021

Dimensões de uma Smart City

Cada vez mais presente no vocabulário de urbanistas, arquitetos e líderes políticos e empresariais, a cidade inteligente está em voga em vários cantos do mundo: Barcelona, Londres, Portland, Melbourne, Estocolmo, Madrid, Paris e Milão. Ou seja, é uma realidade e tendência a se espalhar ainda mais.

Östen Ekengre, presidente da Smart City Sweden, plataforma criada pelo governo para exportar tecnologias urbanas em áreas como clima, energia, mobilidade e planejamento, afirma que as cidades suecas são pensadas de maneira que as diversas infraestruturas urbanas colaborem entre si. O uso de tecnologias digitais, e consequente geração de dados, possibilita estratégias mais eficientes de gestão, com maior rapidez de respostas, muitas vezes em tempo real (veja o projeto abaixo).

O planejador urbano e desenvolvedor imobiliário americano Jonathan F. Rose, por exemplo, tem realizado inúmeros projetos nos Estados Unidos que aliam o conceito de smart city ao da cidade bem temperada, originário de uma peça musical do compositor barroco alemão Johann Sebastian Bach*. A inspiração ajudou Jonathan Rose a transformar em paradigma a forma como os cidadãos passam a se relacionar com as cidades de consigo mesmos (veja abaixo).

Os novos conceitos que estão alterando o status quo das metrópoles também coincidem com o novo cidadão-consumidor-cosmopolita que vai ditar as megatendências do século 21, em quatro frentes: 1) Econômica (global e creative); 2) Ambiental/Social (sustainable); 3) Resiliência/Gestão de riscos (resilient); 4) Informação (smart).

Bem-vindos às smart cities!

*Em 1722, Bach compôs sistematicamente os 48 prelúdios e fugas divididos em dois volumes de O Cravo Bem Temperado. O compositor alemão provou que era possível escrever em todos os tons maiores e menores músicas a serem executadas no mesmo teclado. Isso possibilitou o nascimento do piano.    

SPOILER | A Cidade em Harmonia: o que a Ciência Moderna, Civilizações Antigas e a Natureza Humana nos ensinam sobre o futuro da vida urbana

A cidade em harmonia Carta aos Investidores - Março 2021

. Autor: Jonathan F. P. Rose

. 480 p. / Edição 2018

Este livro traz uma reflexão sobre o desenvolvimento histórico das cidades e discorre sobre como promover as qualidades que geram harmonia entre o espaço construído, as pessoas e a natureza. Jonathan F. P. Rose, um visionário no desenvolvimento e renovação urbanos, defende que as cidades possuem sistemas capazes de equilibrar prosperidade e bem-estar com eficiência e igualdade. Coerência, circularidade, resiliência, comunidade e compaixão são as cinco qualidades que, quando equilibradas entre si, criam comunidades mais felizes.

ACONTECE NO BLOG | Vai Investir

Acontece na Vai Carta aos Investidores - Março 2021

Os destaques do mês de março no blog Vai Investir vão para:

  1. Mercado de ações;
  2. Boas opções de investimentos para o ano de 2021;
  3. Investimentos em renda fixa.

Além disso, compartilhamos as principais notícias do mercado, como começar a investir e conteúdos de análise e opinião dos nossos especialistas. Confira e clique nas três opções acima.

Imagem4 Carta aos Investidores - Março 2021

SAIU NA IMPRENSA | Mercado Imobiliário

As frequentes manutenções da Taxa Selic realizadas pelo Copom (Comitê de Política Monetária) em 2% ao ano  têm fortalecido a retomada do mercado imobiliário, derrubando ainda mais as taxas do financiamento habitacional, além de atrair quem deseja financiar um imóvel. Seis em cada dez brasileiros avaliam que este é o melhor momento para a compra de um imóvel, segunda a pesquisa Data Zap. Ao lado, pode-se observar o perfil de quem quer comprar um apartamento ou uma casa na pandemia.

OBS. 1: 50% Homens; 50% Mulheres. OBS. 2: 64% têm filhos (em média, 2 filhos)

VOCÊ SABIA? | Taxas de juro do crédito caíram

As taxas de juro do crédito caíram pela metade em quatro anos, passando de 15,6% ao ano em 2016 para 7,6% em 2020. A recuperação começou tímida em abril do ano passado, ganhou força em maio e passou a superar recordes históricos em agosto, auxiliada pela queda menor do que a esperada da atividade econômica e da renda disponível de quem preservou o emprego.

Faixa etária e a geração dos brasileiros que desejam um imóvelFaixa etária e a geração dos brasileiros que desejam um imóvel

Imagem6 Carta aos Investidores - Março 2021

Renda mensal dos que estão confiantes em comprar um imóvel. OBS. 85% trabalham e 42% estão em home office

DE OLHO NA PESQUISA | Imóveis

Segue a pesquisa realizada pelo Data Zap, cuja pergunta-chave foi: o que tem levado e motivado os brasileiros a comprar um imóvel? É o melhor momento para comprar um imóvel?

Imovel 1 Carta aos Investidores - Março 2021Imovel 2 Carta aos Investidores - Março 2021Imovel 3 Carta aos Investidores - Março 2021

. DO SEU INTERESSE | A Vai Investir preparou três conteúdos exclusivos para você.

  1. O fundo imobiliário faz sentido para você? Leia e descubra
  2. Como investir em fundos imobiliários? 4 Passos para começar!
  3. Fundos de Investimento Imobiliário (FII’s).

 

ECONOMIA | Brasil Macro (Análise XP)

  1. Alta de juros externos, piora da pandemia no Brasil, Petrobrás e tramitação da PEC emergencial elevaram a percepção de risco, embora ainda de forma controlada.
  2. O texto da PEC aprovado no Senado foi relativamente positivo, ainda que com contrapartidas diluídas e auxílio maior do que esperávamos. Mas a tramitação trouxe sustos.
  3. Esperamos agora a taxa de câmbio em 5,3 reais por dólar no final do ano (4,9 antes). Câmbio mais depreciado e commodities ainda em alta pressionam a inflação. Elevamos (novamente) o IPCA de 2021, para 4,9% (3,9% antes).
  4. O Copom deve reagir mais prontamente a este cenário. Aumentamos a projeção da taxa Selic para 5,0% no final deste ano, para garantir IPCA na meta de 3,50% em 2022.
  5. Recrudescimento da pandemia, volatilidade dos mercados, incerteza política e elevação da Selic afetam a atividade, a despeito da nova rodada de auxílio emergencial. Reduzimos a projeção de crescimento do PIB de 3,4% para 3,2% em 2021; e de 2,0% para 1,5% em 2022.

Projecoes Carta aos Investidores - Março 2021

POLÍTICA | Brasil (Análise XP)

  1. A PEC Emergencial começa sua tramitação na Câmara depois da aprovação no Senado na semana passada (3/3). O presidente Arthur Lira apresentou calendário que prevê levar o texto diretamente ao plenário, com discussão e votação da admissibilidade (o equivalente à CCJ) na terça-feira para votação do mérito da proposta, em dois turnos, no dia seguinte.
  2. Na sexta-feira, depois de reunião com Paulo Guedes, o relator Daniel Freitas (PSL-SC) disse que vai “tentar acelerar o mais rápido possível o andamento da PEC” e prometeu apresentar hoje (8/3) aos colegas a minuta de seu parecer. Ele se reúne às 15h30 com o presidente Jair Bolsonaro.
  3. Mesmo com a promessa de celeridade, é esperado que deputados coloquem em foco tentativas de alterações no texto, principalmente na ampliação ou supressão do valor de R$ 44 bilhões e na redução de contrapartidas. O oferecimento de resistências é natural no momento de negociação, inclusive entre partidos da base, mas o governo conta com apoio de Arthur Lira e com a pressão para que o auxílio seja pago o mais rápido possível para exercer sua força de governo e fazer com que a PEC saia da Câmara sem alterações que exijam nova votação pelos senadores.
  4. A Câmara tem sessão marcada para as 18h, em que está na pauta a medida provisória que ampliou o limite do consignado durante a pandemia – deputados querem estender a mudança por mais um ou dois anos . O Senado faz reunião de líderes às 10h para discutir a pauta da semana.

BOLSA | Brasil

Veja as 5 maiores quedas e as 5 maiores altas do Ibovespa no atípico mês de fevereiro. Mesmo com a turbulência com Petrobras, quem liderou a queda foi Via Varejo, mas a petroleira também teve forte baixa; entre as altas, a Embraer foi destaque.

Quedas Carta aos Investidores - Março 2021

As 5 maiores quedas do Ibovespa FEV

Altas Carta aos Investidores - Março 2021

As 5 maiores altas do Ibovespa FEV

Ibovespa FEV Carta aos Investidores - Março 2021

Performance do Ibovespa no mês de fevereiro

ALOCAÇÃO

A nossa assessoria é pautada na combinação sugerida por especialistas da XP Investimentos, visando a busca por maiores retornos dado um determinado risco e volatilidades aliados ao perfil de cada cliente e somada às perspectivas atuais do cenário macroeconômico.

. Para saber mais sobre as carteiras recomendadas da XP | CLIQUE AQUI

 INDICADORES | Investimentos em fevereiro 2021

Segue abaixo, os indicadores e a evolução das aplicações financeiras referentes ao mês de fevereiro 2021. Veja a rentabilidade de outros ativos em Renda Fixa e Renda Variável.

RENDA FIXA

Selic 0,13% CDI 0,13%

 

CDB 0,28%

 

Poupança 0,12% IRF-M -1,18%

 

IPCA 0,68%

 

 

 

 

RENDA VARIÁVEL

Ibovespa -4,37%

 

Idiv -5,21%

 

Ifix 0,25%

 

Dow Jones 3,17%

 

S&P 500 2,61%

 

Nasdaq -0,12%

 

Dólar 2,45%

 

Euro 1,99%

 

Ouro -4,84%

 

 

 

 

PALAVRA DA GESTORA | Dahlia

Em uma conversa recente com um estrategista de mercado, nos deparamos com um livro escrito por Peter Oppenheimer, estrategista inglês. Na obra “The Long Good Buy”, Peter descreve os ciclos nos mercados de ações, de forma notavelmente simples e prática. O ciclo do mercado de ações teria quatro fases distintas:

  1. Desespero: quando os preços caem num mercado de baixa, antecipando uma grande retração na economia e uma revisão para baixo das estimativas de lucro das empresas. Os múltiplos Preço/Lucro (P/L) caem muito rápido.
  2. Esperança: normalmente um período curto (9-10 meses), quando o mercado se recupera das mínimas, antecipando as recuperações da economia e das estimativas de lucro. Os múltiplos P/L sobem. É uma fase marcada por expectativas, já que os dados podem ainda ser fracos. É também quando os maiores retornos na bolsa são obtidos.
  3. Crescimento: É uma fase longa (média de 4 anos nos Estados Unidos), na qual a economia e a rentabilidade das empresas se recuperam. Nesta fase, os lucros tipicamente sobem mais rápido que os preços das ações, havendo uma normalização dos múltiplos P/L.
  4. Otimismo: É a fase final do ciclo, quando os investidores ficam mais confiantes e, talvez, complacentes. Os múltiplos sobem mais, ou seja, as ações sobem mais rápido que o crescimento de lucro das empresas, indicando o risco de uma nova correção adiante.

. Gostou? Veja a carta completa aqui.

LEITURAS RECOMENDADAS 

 

Uma menina em Wall Street

Proteger a vida e perpetuar o patrimônio

Investimento internacional: 5 vantagens de ter BDR!

 

Um abraço,
Equipe Valor Investimentos

 

  » DISCLAIMER

Acreditamos que difundir a Carta Mensal aos Investidores é contribuir para a realização de uma aprendizagem centrada em metas, almejando sonhos e qualidade de vida. Informamos que o intento desta Carta não é sugerir recomendações de compra ou venda de classe de ativos de qualquer natureza.

Somos um escritório credenciado à XP Investimentos, com atuação especializada em serviços de assessoria em diversos tipos de investimentos, com o objetivo de gerar valor para seus investidores e clientes. Fazemos parte do G20 – grupo de escritórios mais relevantes da XP – desde a sua primeira edição.

Há 17 anos no mercado, atualmente atendemos mais de 30 mil clientes em todo o território nacional e você faz parte dessa história!

Reunimos profissionais especializados no mercado financeiro, com profundo conhecimento dos produtos e serviços oferecidos, atendimento exclusivo, acompanhamento completo e extensa rede de relacionamentos com investidores, clientes e parceiros em todo o Brasil.

Posts relacionados
Carta

Carta aos Investidores - Abril 2021

11 Minutos de leitura
“Se você não está falhando, não está indo até o seu limite. E se você não está indo até o seu limite,…
Carta

Carta aos Investidores - Fevereiro 2021

5 Minutos de leitura
“Ninguém inicia sua carreira de investimentos com uma filosofia já amadurecida. Ela é a soma de muitas ideias acumuladas, derivadas de múltiplas…
Carta

Carta aos Investidores - JAN 2021 | Segmentado

7 Minutos de leitura
“Depois de ver uma longa série de vermelho sair na roleta, a maioria das pessoas acredita equivocadamente que é a vez do…